O que significa “estar presente” nas redes sociais?

Juliana Reiss

Juliana Reiss

FACEBOOK INSTAGRAM LINKEDIN Other posts by

08 FEV 2017

Dia desses um conhecido veio falar comigo que ia abrir um novo negócio e queria ‘marcar presença’ nas redes sociais. Me pediu mil e uma indicações do que fazer, quais redes sociais deveria utilizar, como fazer anúncio pago e como conseguir logo muitos seguidores. Quem trabalha com mídias sociais sabe o quanto dói no fundinho do coração, principalmente, esse último pedido. Mas hoje não vamos falar da galera que quer milagre, vamos falar de como estar presente nas redes sociais e de como a primeira perguntinha desse meu conhecido é mais importante pra gente nesse texto.

Começando do começo, realmente, aqui não trabalhamos com milagres. Não existe uma fórmula pronta de que 2 + 2 vai te transformar em um sucesso no Instagram, por exemplo. Mas existem sim, análises. Em um outro texto que escrevi, falei sobre atendimento e a importância dele para com o público-alvo das contas que a gente gerencia. E isso faz parte da presença nas redes. Mas diferente do que muitos pensam, estar presente não significa apenas cuidar da parte que divulga a marca, seja ela uma arte bem feita ou uma linguagem interessante. Mas sim saber com quem você quer falar.

Você sabe quem é o público da sua marca?

Voltando pro meu conhecido, ele queria saber quais redes sociais ele deveria utilizar pra marca dele. E, sinceramente, eu não recomendei nenhuma logo de cara. Por que? Porque cada caso é um caso. Qual vai ser o perfil da empresa dele? Qual vai ser o linguajar que ele vai utilizar na comunicação dele? Em que plataforma o público dele mais se encontra? E em qual ele menos se encontra? Tudo isso – e, na minha humilde opinião, um pouco mais ainda – tem que ser levado em conta na hora de começar a se montar uma estratégia para aquela marca.

Mas a gente não para por aí! Não é porque a gente tem a maioria dessas respostas agora, no início do projeto, que a gente nunca mais vai dar atenção ao perfil do público. Se você trabalha com mídias sociais, sabe que existe aquele relatório massa que a gente tem que fazer frequentemente justamente pra analisar tudo relativo aos seguidores. Mas o que aquilo ali tá realmente te dizendo? Vou te dar um exemplo: digamos que você tenha um cliente e 90% do público é do sexo feminino. Isso é um fato constatado no relatório. Porém, a marca é para ambos os sexos com produtos que deveriam atrair os dois igualmente. Então, como faremos a análise desse dado? Isso significa que devemos concentrar as nossas atenções para o público feminino ou tentar aumentar o alcance com o público masculino? Caso decida pela 2ª opção, qual será a estratégia que será utilizada para poder marcar uma presença nas redes sociais com esse público que a gente deseja alcançar?

Como eu falei antes, não existe uma fórmula fixa pro sucesso. Em alguns outros textos eu falei da importância de estar sempre atento ao seguidor. Nós precisamos dele pra que a marca dê certo. E, no final, é ele quem vai dizer como a marca pode estar presente nas redes sociais.