Com assinaturas, e-commerces alimentícios crescem

Agência NBZ

Agência NBZ

Agência de desenvolvimento e estratégia digital

FACEBOOK INSTAGRAM LINKEDIN Other posts by

28 SET 2015

Abrir uma loja virtual exige pesquisa de mercado, análise de concorrentes e estudo dos melhores softwares para garantir a operação do negócio. Entretanto, a fórmula não é garantia de sucesso. No caso do varejo alimentício, a web representava um desafio logístico, mas agora os e-commerces que comercializam comidas e bebidas encontraram o caminho e começam a crescer em todo o mundo.

Uma pesquisa da empresa BI Intelligence mostra que as compras online de produtos alimentícios devem crescer 21,1% ao ano até 2018 nos Estados Unidos (enquanto que este índice deve ficar em torno de 3% para lojas físicas). No Reino Unido, a venda de bebidas alcoólicas pela web cresceram 42% no último ano, de acordo com a IMRG (Interactive Media in Retail Group).

Dois fatores são responsáveis pelos números positivos. Primeiro a gestão do comércio eletrônico, com soluções mais inteligentes e integradas, que permitem aos empresários monitorar as operações e peculiaridades deste segmento – o prazo de validade, por exemplo, é mais apertado e exige atenção na venda e entrega dos produtos.

Segundo, a popularização dos clubes de assinatura online, que permitiu atrair uma clientela fiel, sobretudo na comercialização de bebidas como vinho e cerveja – um estudo, encomendado pela Door to Door Organics, mostra que 19% das vendas de alimentos online são feitas semanalmente.

“Buscávamos um canal diferenciado para a venda online, oferecendo produtos de qualidade, mas que também contasse com um Clube de Vinhos baseado nos gostos individuais de cada associado”, comenta Luciano Russo, diretor da Signor Vino, e-commerce especializado em vinhos.
Segundo, a popularização dos clubes de assinatura online, que permitiu atrair uma clientela fiel, sobretudo na comercialização de bebidas como vinho e cerveja – um estudo, encomendado pela Door to Door Organics, mostra que 19% das vendas de alimentos online são feitas semanalmente.

“Buscávamos um canal diferenciado para a venda online, oferecendo produtos de qualidade, mas que também contasse com um Clube de Vinhos baseado nos gostos individuais de cada associado”, comenta Luciano Russo, diretor da Signor Vino, e-commerce especializado em vinhos.